web inca rail

O que é machu picchu?

Machu Picchu, que em sua tradução para o espanhol seria "Montaña Vieja" é uma das 7 maravilhas do mundo e uma das atrações turísticas mais visitadas pelos turistas de todo

Machu Picchu é um lugar mágico com arquitetura impressionante. Suas paredes e as pedras gigantescas com as quais foi construído causam mais do que espanto a seus visitantes.

Construído no século 15, tem uma temperatura que pode variar de -2 ° C a 21 ° C. Para saber mais sobre a temperatura e recomendações sobre o que fazer em Machu Picchu, visite a seção "Clima em Machu Picchu".

Machu Picchu, Segundo as várias pesquisas e estudos, teve muitas funções, dentre as principais estão:

Era um lugar sagrado onde os deuses eram adorados, entre eles o mais importante era o deus sol.

Local de cultivo, uma vez que tem bom tempo foi ideal para o cultivo de folha de coca, frutas legumes, entre outros alimentos.

Lugar para observar eventos astronômicos. Sua localização permite testemunhar um grande número de eventos astronômicos.

O QUE
VOCÊ DEVE TOMAR

    • DOCUMENTOS
    • ENTRADA A MACHU PICCHU
    • DINHEIRO PARA O ÔNIBUS
    • REPELENTE
    • CÂMERA FOTOGRÁFICA

O que ver em Machu Picchu?

A mística em torno deste lugar mágico é clara quando se está em pé diante dele, a beleza é de tirar o fôlego a todos os visitantes, e certamente você não será a exceção. Só depois de entrar na cidadela inca, e uma vez que passe a emoção do primeiro encontro, você pode escolher o seu percurso entre várias rotas alternativas. Aqui estão algumas dicas.

Subir ao alto do Huaynapichu

Subir a famosa montanha que aparece em todos os cartões postais por trás da cidadela inca é um desafio que nem mesmo os mais ousados vão quer perder. Se você é um deles, certifique-se de comprar uma entrada especial para esta visita. O acesso a esta montanha é limitado a apenas 2 turnos por dia e para apenas 200 pessoas por turno, os horários são às 07:00 e às 10:00 horas, respectivamente. O nível de dificuldade é médio alto, não é recomendado para pessoas com deficiências físicas ou crianças pequenas. Ascender leva aproximadamente 45 minutos e a visita completa em torno de 2 horas.

Percorrer a Cidadela Inca

Se ficou animado por alguns dos passeios descritos acima de volta estará pronto para visitar a cidadela de Machu Picchu a partir do topo para baixo. Em geral, recomendamos fazê-lo desta maneira, porque se você começar de baixo, pode exigir muito mais esforço mais ainda depois de várias horas de caminhada.

Caminhada até a Porta do Sol

Se você tiver tempo e condições físicas suficiente, você pode optar por caminhar até a famosa Porta do Sol, neste caso recomendamos pegar a subida a esquerda dentro da cidadela e percorrer os caminhos que levam a Porta do Sol. As vistas da cidadela a partir daqui são incríveis! Este passeio leva cerca de 2 horas no total e exige um esforço moderado, não recomendado para idosos ou crianças pequenas, ou para pessoas que sofrem de vertigem em altura.

O SETOR AGRÍCOLA

É o mais próximo para o acesso de entrada e cobre uma vasta área desde a parte mais baixa até a mais alta. Você vai atravessar este setor em qualquer um dos pontos de sua viagem a caminho de outros setores. Esta área é coberta por escadarias que ocupam uma parte importante da área total da cidadela. Os terraços foram construídos tendo um amplo conhecimento da agricultura e da gestão da água. Na base estava cheio de areia fina, em seguida, com pedras e, finalmente, com terra, o que facilita a drenagem da água, ideal para o plantio e ao mesmo tempo impede que as plataformas colapsem ao longo do tempo.

O SETOR IMPERIAL

Localizado após o setor agrícola, na parte superior, a oeste do complexo arquitetônico é a parte urbana que foi reservado para a nobreza e os sacerdotes. O acesso a esta área é marcado com uma bela porta, digna de um palácio. Nesta área, você vai encontrar a praça principal, o Palácio Real, o Templo do Sol e o Intiwatana. Aqui é importante apreciar o refinamento nos edifícios mais importantes, onde as pedras parecem se encaixar perfeitamente.

O SETOR URBANO

Separado do setor imperial por um grande pátio central, você vai encontrar a área conhecida como a área urbana, onde moravam as demais pessoas em Machu Picchu. Nesta área, também se localizam o Templo do Condor e outros edifícios.

A ordem em que você decidir fazer a visita vai depender de suas preferencias e ritmo.

Subir ao alto do Huaynapichu

Subir a famosa montanha que aparece em todos os cartões postais por trás da cidadela inca é um desafio que nem mesmo os mais ousados vão quer perder. Se você é um deles, certifique-se de comprar uma entrada especial para esta visita. O acesso a esta montanha é limitado a apenas 2 turnos por dia e para apenas 200 pessoas por turno, os horários são às 07:00 e às 10:00 horas, respectivamente. O nível de dificuldade é médio alto, não é recomendado para pessoas com deficiências físicas ou crianças pequenas. Ascender leva aproximadamente 45 minutos e a visita completa em torno de 2 horas.

Percorrer a Cidadela Inca

Se ficou animado por alguns dos passeios descritos acima de volta estará pronto para visitar a cidadela de Machu Picchu a partir do topo para baixo. Em geral, recomendamos fazê-lo desta maneira, porque se você começar de baixo, pode exigir muito mais esforço mais ainda depois de várias horas de caminhada.

Caminhada até a Porta do Sol

Se você tiver tempo e condições físicas suficiente, você pode optar por caminhar até a famosa Porta do Sol, neste caso recomendamos pegar a subida a esquerda dentro da cidadela e percorrer os caminhos que levam a Porta do Sol. As vistas da cidadela a partir daqui são incríveis! Este passeio leva cerca de 2 horas no total e exige um esforço moderado, não recomendado para idosos ou crianças pequenas, ou para pessoas que sofrem de vertigem em altura.

O SETOR AGRÍCOLA

É o mais próximo para o acesso de entrada e cobre uma vasta área desde a parte mais baixa até a mais alta. Você vai atravessar este setor em qualquer um dos pontos de sua viagem a caminho de outros setores. Esta área é coberta por escadarias que ocupam uma parte importante da área total da cidadela. Os terraços foram construídos tendo um amplo conhecimento da agricultura e da gestão da água. Na base estava cheio de areia fina, em seguida, com pedras e, finalmente, com terra, o que facilita a drenagem da água, ideal para o plantio e ao mesmo tempo impede que as plataformas colapsem ao longo do tempo.

O SETOR IMPERIAL

Localizado após o setor agrícola, na parte superior, a oeste do complexo arquitetônico é a parte urbana que foi reservado para a nobreza e os sacerdotes. O acesso a esta área é marcado com uma bela porta, digna de um palácio. Nesta área, você vai encontrar a praça principal, o Palácio Real, o Templo do Sol e o Intiwatana. Aqui é importante apreciar o refinamento nos edifícios mais importantes, onde as pedras parecem se encaixar perfeitamente.

O SETOR URBANO

Separado do setor imperial por um grande pátio central, você vai encontrar a área conhecida como a área urbana, onde moravam as demais pessoas em Machu Picchu. Nesta área, também se localizam o Templo do Condor e outros edifícios.

A ordem em que você decidir fazer a visita vai depender de suas preferencias e ritmo.

Outras atividades em
Machu Picchu

A fascinante cidadela Inca não é tudo o que tem para oferecer este lugar mágico situado no meio das florestas tropicais no lado oriental da Cordilheira dos Andes no sul do Peru. Este é também um lugar ideal para observação de aves ou para desfrutar de um passeio em busca de exóticos lugares de orquídeas.

Fauna

Para os amantes da observação de aves, a área de Machu Picchu é um dos melhores lugares do mundo para esta atividade, abrigando mais de 400 espécies de aves. Se você é um deles, nós recomendamos que você agende a sua visita guiada por especialistas

Flora

Machu Picchu também tem uma grande variedade de orquídeas e bromélias, que podem ser visualmente observadas ao longo de toda a rota de subida até a cidadela e ao redor. Se você tiver tempo, um agradável passeio é caminhar até Mandor, onde você vai encontrar uma fonte de água proveniente do degelo dos Andes. Ao adentrar na floresta pode-se apreciar um pouco mais sobre a fauna e flora.

COMPRAR